Viagem

Não ! É claro que voar para o outro lado do mundo não é um ato ecológico, concordamos. O turismo de massa e as derivas que isso implica não são nada boas para o nosso planeta.

Reduzir é muito importante e, infelizmente, todos nós temos que fazer sacrifícios para evitar que o planeta aqueça demais … Então, se você tem os meios para parar completamente hoje, de qualquer maneira, faça-o ! É um compromisso incrível e do qual pode se orgulhar.

Mas pressionar as pessoas para desistir imediatamente de parte do seu estilo de vida para ter o rótulo “sustentável” não é nem útil nem eficaz.

De minha parte, viajar, permitiu-me abrir os olhos, acerca de muitos problemas relacionados, entre outros, com a poluição do plástico, o desflorestação, a salvaguarda dos animais, assuntos que me decidiram a dar o passo, e adotar um estilo de vida mais responsável.

Então, se viajar me permitiu a mim abrir os olhos, não posso criticar alguém por pegar o avião para voar até ao outro lado do mundo, porque também pode ser para ele o gatilho necessário para fazer um compromisso com o planeta.

Além disso, como na vida em geral, é hoje possível viajar de uma maneira “responsável”, tentando limitar assim que possível o transporte aéreo, se alojar num eco-resort, participar em atrações turísticas que financiem a salvaguarda dos animais, o turismo, na verdade, muitas vezes permite também que as populações locais tenham uma fonte de lucro e outra visão sobre a importância da sua fauna e flora.

Além desses exemplos, existe também uma grande quantidade de produtos “amigos do ambiente” para o ajudar a viajar, reduzindo o seu impacto, e continuando a pôr em prática, mesmo durante as férias, o seu estilo de vida “mais sustentável”

É tudo uma questão de pequenos gestos ao quotidiano !